20111102

Salvar vidas?

Sou solidária com os colegas das TIC mas considero que é exagerada a afirmação que coloco a amarelo (bem sei que uma petição não é necessariamente uma representação do que pensam todos os docentes das áreas referidas. Assim, e até para alertar, deixo isto aqui. Boa sorte.):

Nota: Excerto de uma petição (aqui)

"(...)Como tal, retirar informática do currículo de 9º ano teria um efeito mais nefasto do que o de criar desemprego, criaria uma ou mais gerações com dificuldades sérias na área de ciências informáticas, facilmente expostas e exploradas, gerações pioneiras na exploração desta ciência e sem apoio de gerações anteriores, pois seus pais e avós muito dificilmente terão tido contacto com esta ciência. O professor de TIC assume então um papel vital, pois serve não só como professor, mas como entidade orientadora, transmitindo aos seus alunos conhecimento, regras e cuidados a ter ao lidar com a informática, informações que poderão fortemente influenciar o futuro desta geração e, quem sabe, salvar vidas, pois o que não faltam são pessoas que não hesitariam em utilizar os seus conhecimentos informáticos para procedimentos ilícitos.(...)"

4 comentários:

luiz carvalho disse...

solidariedade à parte... a questão nos termos em que se coloca é, no mínimo, 'ridícula'...
e, ainda por cima, em documento público...?
tenham tino...!

Moriae disse...

O que estranho é que até este momento, 2809 pessoas já subscreveram.

Fernando Lopes disse...

Como profissional de TI, não posso deixar passar em claro a ignorância do Ministro no que a esta área se refere. Deparo-me todos os dias com utilizadores que por falta de formação fazem as tarefas mais simples de forma inimaginavelmente trabalhosa e pouco rentável. Não basta saber abrir um browser, pesquisar no Google, ou escrever um texto no Word. É preciso ensinar aos jovens a potência que uma ferramenta como o MS Office tem. 99% dos adultos usam-nas a 5% do seu potencial por formação inexistente ou inadequada. Não sendo professor, acho que a formulação embora infeliz do "salvar vidas", pretende alertar para os perigoso e burlas a que alguns mais crédulos estarão sujeitos. E se não salvar vidas pode poupar muitos abusos sexuais e outros a adolescentes mal informados ou ingénuos.

Abraço,

Moriae disse...

Fernando, como sempre, concordo contigo (lol estou a tornar-me repetitiva eheeh).
E, se não for pedir muito, desenvolve o tema por aqui, amigo. Só este teu comentário merece ser 'post'.
Abraço!